Dicas Para os Pais de Crianças com TDAH

Especialistas em saúde dizem que o TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade) é o distúrbio comportamental mais comum iniciado na infância. No entanto, ele não afeta apenas as crianças, pessoas de todas as idades podem sofrer de TDAH. Os psiquiatras afirmam que o TDAH é um transtorno do desenvolvimento neurocomportamental.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=Ylqh_3UVtzM[/youtube]

Um indivíduo com TDAH tem muito mais dificuldade de se concentrar em algo sem se distrair. Ele tem maior dificuldade em controlar o que está fazendo ou dizendo. Em outras palavras, uma pessoa com TDAH é muito mais impulsiva e inquieta.

No artigo de hoje vamos dar dicas para os pais das crianças que têm TDAH. Afinal, pode ser um grande desafio educar uma criança que tem dificuldade de se concentrar e seguir ordens. Acompanhe.

Gerencie as Suas Expectativas

Depois que o seu filho for diagnosticado com TDAH, você precisa sempre se lembrar de que ele tem uma condição neurológica que prejudica o planejamento, a organização, o controle de impulso, o foco e a atenção. A TDAH não é algo que pode ser curado, mas é uma condição que pode ser controlada com estratégias de ensino, desenvolvimento de habilidades e, às vezes, a medicação.

Em muitos casos, os pais pensam que os seus filhos devem ser capazes de realizar atividades como: limpar seu próprio quarto sem ninguém pedir, fazer a tarefa escolar inteira sem se distrair, passar um bom tempo assistindo TV em silêncio, etc. No entanto, essas expectativas podem ser irreais. O mais importante é se lembrar que essas dificuldades existem por causa das diferenças neurológicas. Não dá para exigir que uma criança com TDAH haja como uma que não tem o transtorno.

Ajude Seu Filho a Se Adaptar

Pessoas que não têm dificuldades de concentração podem passar horas estudando, lendo um livro, assistindo um filme. Infelizmente, essa afirmação não se aplica para quem tem TDAH. As crianças com dificuldade de atenção precisa de ajuda para se adaptar e conseguir realizar tas atividades.

Em casa, ajude o seu filho a se organizar. Estipule horários para as atividades. Por exemplo: das 2 às 3 da tarde é hora de fazer as tarefas escolares. Sente-se com ele em um cômodo da casa em que haja silêncio, desligue a televisão, rádio, celular. Evite ao máximo as distrações.

Dê tarefas da casa para ele realizar, como: arrumar a própria cama, organizar brinquedos, colocar roupas sujas no cesto. Faça uma lista na ordem em que cada coisa deve ser feita. Essa atitude simples irá ajudar, e muito, o seu filho a organizar seus pensamentos e dominar a TDAH.

Peça Ajuda

No caso de famílias em que o pai e a mãe trabalham fora ou também em que há mais filhos, certamente será necessário procurar ajuda. Se você não tem tempo para se sentar e ajudar seu filho a fazer as tarefas escolares, contrate um professor particular. Existem muitos profissionais que atendem em domicílio e também outros que possuem um local próprio.

Lembre-se que as crianças precisam de atenção, e as que possuem TDAH precisam de mais ainda. Portanto, vale muito mais você reconhecer que precisa de ajuda e procurar por auxílio do que tentar fazer tudo e acabar não tendo tempo e nem paciência para ajudar seu filho.

Aqui demos o exemplo da ajuda de um professor particular, mas ela pode ser de diversas outras maneiras, que variam de acordo com as necessidades dos pais. Pode ser a ajuda de um parente ou uma babá para ficar com a criança em um período do dia, para levar na escola, etc. Lembrando que é importante que essa pessoa esteja preparada para dar toda a atenção que a criança precisa.

Pratique o Autocontrole

Não é difícil perder a paciência com uma criança, quando a criança em questão tem TDAH a situação se torna um pouco pior. Entretanto, você precisa começar a praticar o autocontrole. Afinal, se trata do seu filho, da educação e felicidade dele. Quando você perde a paciência não está ajudando em nada a criança.

Sentimentos como acreditar que está falhando na educação do filho são normais, mas não são verdadeiros. Sempre que seu filho fizer algo ao contrário do que deveria, pare, respire, conte até 10 e se lembre que ele está agindo da melhor maneira que pode e você deve fazer o mesmo.

Ao invés de brigar e esbravejar com a criança, pare e converse. Forneça a ele as ferramentas que ele precisa para aprender a se controlar. Afinal é esse o grande desafio para quem tem TDAH, aprender, por meio de treinos e/ou medicamentos, a se controlar e, assim, conseguir manter a concentração.

Cuide do Seu Filho e Também de Você

Os filhos são prioridade na vida dos pais. Se você está sempre preocupado com o seu filho, para que ele tenha boas noites de sono, alimente-se bem e pratique atividades, meus parabéns. Portanto, é importante que você tenha os mesmos tipos de preocupação com você mesmo.

De nada adianta que o seu filho com TDAH esteja fazendo tudo da forma correta, se você não está cuidando de si. Lembre-se que vocês dois precisam estar bem para que um ajude ao outro neste desafio que é controlar a TDAH. Portanto, cuide do seu filho, mas não se esqueça de se cuidar também. A saúde mental dele também depende da sua.

Procure Se Entender

Lembre-se de que é completamente normal sentir o que você sente. Está tudo bem e é compreensível se sentir exausto, irritado, sozinho, com medo e sem saber o que fazer. É um trabalho duro tentar ensinar e educar uma criança com TDAH, e dizemos tentar, porque, em alguns momentos, pode ser impossível. É natural que, em alguns dias, você só queira fechar a porta do seu quarto e ficar na cama.

Além disso, procure entender o seu comportamento. Você vai perder a paciência às vezes. Você irá cometer erros e não terá todas as respostas e soluções o tempo todo. Você pode sentir e fazer tudo isso e ainda assim estar fazendo um trabalho incrível.

Você é um ser humano como qualquer outro, porém, apenas o fato de estar lendo este artigo para procurar oferecer uma educação melhor para o seu filho, já te falar um excelente pai/mãe.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Filhos

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • eles herdarâo de mim o tdah,me sinto culpada.

    evaneti 12 de Abril de 2015 5:44

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *